Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Canal de Esperança

· À Rádio Maria o Papa recomenda estilo sóbrio e instrumentos adequados ·

Para permanecer próximos das preocupações e dramas das pessoas

Um canal «que não comunica só um conjunto de notícias, de ideias, de músicas sem um fio condutor, e que poderia apenas procurar distrair e talvez divertir», mas evangeliza «com a proximidade às preocupações e aos dramas das pessoas, com palavras de conforto e de esperança». Assim o Papa Francisco definiu a Rádio Maria recebendo – na manhã de quinta-feira, 29 de Outubro, na Sala Clementina – a associação que reúne as suas emissoras activas em cerca de sessenta países.

«Através de vós – disse o Pontífice – tornam-se idealmente presentes aqui os rostos e os corações dos vossos ouvintes que, em medida crescente, apreciam e seguem os programas radiofónicos da Rádio Maria e a apoiam com o voluntariado e com as ofertas».

Depois o Papa explicou que «difundindo o Evangelho e a devoção à Mãe de Jesus, promovendo o amor à Igreja e à oração, oferece-se um “canal” válido para ouvir boas reflexões, para aprender a orar, para aprofundar os conteúdos da fé». E deste modo a emissora torna-se «um meio de primeira categoria para veicular a esperança, aquela verdadeira». Eis o encorajamento de Francisco «a cultivar sempre o “jardim interior” da oração, da escuta da Palavra de Deus e de beneficiar de boas leituras aprofundando a fé; noutras palavras, fazendo vós mesmos o que propondes aos outros com os vossos programas».

No início do encontro o presidente da Rádio Maria, Emanuele Ferrario, apresentando ao Papa a realidade mundial da emissora antecipou que uma web rádio em língua árabe em breve será activa para «ser motivo de conforto e de união para os cristãos perseguidos no Médio Oriente».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

25 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS