Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Caminho em quatro dimensões

· A visão ecuménica do Papa Francisco ·

«Da minha parte, seguindo o exemplo dos meus predecessores, desejo garantir a firme vontade de prosseguir no caminho do diálogo ecuménico». 

Com estas palavras pronunciadas já durante o seu primeiro encontro com os representantes das Igrejas e das Comunidades eclesiais e das outras religiões, um dia depois do início do seu pontificado, o Papa Francisco anunciava o seu compromisso ecuménico. A este propósito, antes de tudo, surpreende a consciência do Papa de que se encontra numa fundamental continuidade com os seus predecessores. Ao mesmo tempo, a sua visão ecuménica mostra aquelas características específicas que o Santo Padre ilustrou de maneira mais explícita no discurso pronunciado durante a Divina Liturgia na igreja patriarcal de São Jorge em Constantinopla: «Encontrarmo-nos, olharmo-nos uns para os outros, trocarmos o abraço da paz, rezarmos uns pelos outros são dimensões essenciais do caminho rumo ao restabelecimento da plena comunhão para a qual tendemos. Tudo isto precede e acompanha constantemente a outra dimensão essencial deste caminho que é o diálogo teológico». Nestas palavras programáticas, são reconhecíveis as quatro dimensões fundamentais da visão ecuménica do Papa Francisco.

Kurt Koch,
Cardeal presidente do Pontifício Conselho
para a promoção da unidade dos cristãos

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

14 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS