Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

O rosto da misericórdia

· Bula de proclamação do jubileu extraordinário ·

A misericórdia é «a arquitrave que suporta a vida da Igreja». Por isso, deve ser reproposta «com novo entusiasmo e com renovada acção pastoral» à humanidade do nosso tempo. É desta consciência que nasce a iniciativa de celebrar o Ano santo da misericórdia: um «tempo extraordinário de graça» e de «regresso ao essencial», define-o Francisco na bula de proclamação Misericordiae vultus, entregue solenemente durante a celebração que teve lugar na tarde de 11 de Abril, na basílica de São Pedro.

«Chegou de novo para a Igreja o tempo de assumir o anúncio jubiloso do perdão», explica o bispo de Roma, reiterando que «a credibilidade da Igreja passa pela estrada do amor misericordioso e compassivo».

A bula recorda que o jubileu terá início no dia 8 de Dezembro, 50º aniversário do encerramento do Concílio Vaticano II, com a abertura da «porta da misericórdia» em São Pedro e, em seguida, nas basílicas papais e inclusive nas catedrais, santuários ou igrejas particulares espalhadas pelo mundo, como «sinal visível da comunhão da Igreja inteira». Fio condutor e «lema» do Ano santo — que terminará a 20 de Novembro de 2016, solenidade de Cristo Rei — será a palavra do Senhor: «Misericordiosos como o Pai». Entre os sinais peculiares da experiência jubilar, a bula indica sobretudo a peregrinação, as obras de misericórdia corporal e espiritual, o sacramento da penitência a indulgência.

Além disso, o Sumo Pontífice anunciou que a todas as dioceses serão enviados «missionários da misericórdia», chamados a pregar «missões ao povo», e lançou um apelo à conversão, dirigido aos criminosos e aos corruptos.

Texto da bula do Papa Francisco

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

11 de Dezembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS