Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Bons frutos para a Coreia

· Mensagem vídeo na vigília da partida ·

«A Igreja é a grande família na qual todos somos irmãos em Cristo». Recorda isto o Papa Francisco numa mensagem vídeo dirigida aos coreanos na iminência da viagem programada de 13 a 18 de Agosto.

 Convidando os fiéis a rezar «para que esta viagem apostólica dê bons frutos para a Igreja e para a sociedade coreana», o Pontífice evidencia duas motivações fundamentais que estão na base da sua visita: a participação na sexta jornada asiática da juventude e a beatificação de Paul Yun Ji-chung e de 123 companheiros mártires da fé. «Aos jovens em particular – garante – levarei o apelo do Senhor: “Juventude da Ásia, levanta-te! A glória dos mártires resplandece sobre ti”». Com efeito, explica, eles «são portadores de esperança e de energias para o futuro». E compete a eles receber a herança da fé conservada pelos idosos, sem os quais «os jovens estariam privados de memória. O encontro entre os idosos e os jovens é garantia do caminho do povo».

* * *

E à viagem do Pontífice está dedicada a edição especial do mensal «donne chiesa mondo», à venda com o diário de quarta-feira 13. Quem fala do cristianismo na Coreia são duas mulheres «que – escreve Lucetta Scaraffia no editorial – encontram na cultura cristã aquele respeito e consideração pelas suas necessidades que são desconhecidos à sociedade coreana, e por conseguinte tornam-se as promotoras mais convictas do cristianismo». Juntamente com uma entrevista de Cristian Martini Grimaldi a Yuna Kim, jovem patinadora olímpica que se converteu ao catolicismo, nas páginas do especial estão reunidos os testemunhos de Lee Mi-Kyung, muito activa na defesa dos direitos das mulheres, de algumas jovens que estarão presentes no encontro com o Papa e de Helen Kyung Soo Kwon, que narra a história da mártir da primeira comunidade católica coreana.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

22 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS