Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Bento XVI visitou a exposição «O poder e a graça»

· Na tarde de domingo, 31 de Janeiro ·

Na tarde de domingo 31 de Janeiro, Bento XVI foi ao Palácio Veneza em Roma para visitar a exposição «O poder e a graça. Os santos padroeiros da Europa».

O Papa chegou por volta das 18h30 acompanhado dos Monsenhores Georg Gänswein, seu secretário particular, e Alfred Xuereb, da secretaria particular, e das quatro Memores dos aposentos. Foi recebido pelo subsecretário da Presid{l-eogonek}ncia do Conselho dos Ministros da República Italiana, Gianni Letta, pelo Embaixador da Itália junto da Santa Sé, Antonio Zanardi Landi, com a Esposa Sabina Cornaggia Medici, e pelos organizadores da exposiç{l-abreve}o – ou seja, além da Embaixada da Itália, o Pólo Romano de Museus e o Comité de S{l-abreve}o Floriano – e pelos responsáveis do Palácio Veneza. Estavam presentes também o responsável pela exposiç{l-abreve}o, Pe. Alessio Geretti, e Mons. Angelo Zanello, pároco de Tolmezzo.

O Pontífice entreteve-se por trinta e cinco minutos a admirar as obras-primas expostas – entre elas, S{l-abreve}o Jo{l-abreve}o Baptista de Leonardo, proveniente do Louvre e exposto durante todo o m{l-eogonek}s de Janeiro graças ao apoio da eni – que narram a evoluç{l-abreve}o da relaç{l-abreve}o entre fé e cultura, santidade e poder, Igreja e comunidade política no Continente através dos séculos. Temas aos quais se referiu o subsecretário Letta, que confirmou a Bento XVI o desejo do Governo italiano de reafirmar a eXIst{l-eogonek}ncia e a força das raízes crist{l-abreve}s da Europa.

Foi o próprio Gianni Letta, por ocasi{l-abreve}o da apresentaç{l-abreve}o do livro As viagens de Bento XVI na Itália, realizada a 21 de Janeiro na Embaixada da Itália junto da Santa Sé, quem convidou o Pontífice para que visitasse a exposiç{l-abreve}o. Na apresentaç{l-abreve}o do livro estavam presentes também o Cardeal Angelo Bagnasco, Arcebispo de Génova e Presidente da Confer{l-eogonek}ncia Episcopal Italiana, e D. Fernando Filoni, Substituto da Secretaria de Estado.

No final da visita foi oferecida ao Papa uma reproduç{l-abreve}o de Constantino a cavalo , de Gian Lorenzo Bernini.

Em quase quatro meses – a exposiç{l-abreve}o foi inaugurada a 7 de Outubro passado na presença do Cardeal Tarcisio Bertone, Secretário de Estado, e do Presidente do Conselho dos Ministros da República Italiana, Silvio Berlusconi, e terminou precisamente a 31 de Janeiro – foi visitada por mais de cem mil pessoas.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

16 de Setembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS