Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Bento XVI no mosteiro «Mater Ecclesiae»

· Benedetto XVI nel monastero Mater Ecclesiae ·

Com grande e fraterna cordialidade o Papa Francisco recebeu na tarde de quinta-feira, 2 de Maio, Bento XVI que regressou ao Vaticano depois de uma permanência de pouco mais de dois meses em Castel Gandolfo. O encontro realizou-se na entrada do reestruturado Mosteiro «Mater Ecclesiae», no qual como se sabe residirá Bento XVI. Longe dos reflectores eles rezaram juntos, ajoelhados um ao lado do outro,  na capela do mosteiro.

Acompanhado pelo arcebispo Georg Gänswein, prefeito da Casa Pontifícia, à  sua chegada ao heliporto do Vaticano, às 16h49,  Bento XVI  foi recebido pelos cardeais Angelo Sodano, decano do Colégio cardinalício; Tarcisio Bertone, secretário de Estado; e Giuseppe Bertello, presidente do Governatorado; juntamente com o secretário-geral, o bispo Giuseppe Sciacca; e pelos arcebispos Angelo Becciu, substituto da Secretaria de Estado, e Dominique Mamberti, secretário para as Relações com os Estados.

Como recordamos, Bento XVI transferiu-se para Castel Gandolfo na tarde de 28 de Fevereiro, dia em que se concluiu o seu Pontificado. A 23 de Março  recebeu a visita do Papa Francisco. «Agora – lê-se numa nota difundida pela Sala de Imprensa da Santa Sé – está feliz por regressar  ao Vaticano» e «tenciona dedicar-se, como ele mesmo anunciou a 11 de Fevereiro passado, ao serviço da Igreja, antes de tudo com a oração». Como previsto, na nova residência habitarão também D.  Gänswein e as Memores Domini que fizeram parte da Família pontifícia nos últimos anos.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

23 de Setembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS