Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​A Bem-Aventurada Virgem Maria
Mãe da Igreja

Por vontade do Papa Francisco, com um decreto de 11 de fevereiro de 2018, 170º aniversário da primeira aparição da Virgem de Lourdes, a Congregação para o culto divino e a disciplina dos sacramentos dispôs a inscrição da memória da «Bem-Aventurada Virgem Maria Mãe da Igreja» no Calendário romano geral. O Pontífice estabeleceu que na segunda-feira depois do Pentecostes seja obrigatória para toda a Igreja de rito romano a memória de Maria Mãe da Igreja. Como se sabe, foi Paulo VI quem anunciou na audiência geral de 18 de novembro de 1964, que três dias depois a terceira sessão do Concílio ecuménico, se teria concluído com o reconhecimento do título de Mãe da Igreja a Nossa Senhora.

O decreto

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

18 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS