Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Bella mia

· O romance ·

São muitos os que estão feridos: uma cidade atingida por um terramoto devastador, uma família ferida pelas incompreensões e pelos lutos, uma mulher jovem cuja vida foi desde a infância vivida à sombra de uma gémea que a protegeu constantemente com a sua força. Contudo o romance da escritora, nascida nos Abruzos, Donatella Di Pietrantonio, Bella mia (Elliot, 2014) ambientado em L'Aquila, consegue libertar-se do cliché de uma simples história de resgate e reconstrução. Porque ao enfrentar as dificuldades do presente (agravadas pela consciência falhou no seu sentido ético) e sendo obrigada a fazer as contas com o passado, a protagonista – ceramista de profissão – descobre que na realidade o confim entre os vencedores e os vencidos é muito frágil. Esta é uma consciência que talvez lhe permita de desamarrar aquele nó de tristeza que marca, como um leve silvo reprimido, o seu respiro. (@Giuli Galeotti)

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

24 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS