Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Antestreia para os pobres

· ​O filme sobre o Papa Francisco ·

«Bem-vindos à casa do Senhor. Esta tarde será concluída com uma refeição. É a carícia do Papa, se não precisardes levai-a a quem ficou a guardar os vossos pertences para que pudésseis vir».

Foi assim que o arcebispo esmoler pontifício Konrad Krajewski se dirigiu aos sete mil pobres e refugiados que, no final da tarde de 1 de Dezembro, assistiram na sala Paulo VI à antestreia do filme Chiamatemi Francesco.

Por vontade do próprio Pontífice foram convidados desabrigados e pessoas necessitadas – entre as quais um pequeno grupo de presos de Rebibbia, que obteve uma autorização especial, e cem refugiados de várias proveniências ajudados pelo Centro Astalli – juntamente com os voluntários, religiosos e leigos que deles se ocupam. Com eles os produtores, o cineasta e os actores, que participaram na audiência geral no dia seguinte na praça de São Pedro.

«A estreia de ontem – narra o produtor Pietro Valsecchi — foi muito emocionante precisamente devido à presença de tantos pobres, convidados pelo Papa. Penso que este filme pode dar precisamente aos últimos, entre os quais incluo também os jovens desorientados e sem pontos de referência, uma palavra de esperança, confiança e solidariedade».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

22 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS