Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Alegria pela libertação dos missionários nos Camarões

· Concluída a visita pastoral do cardeal Filoni à África ·

«Damos graças a Deus por este momento de alegria que deu à Igreja dos Camarões e à Igreja de proveniência quer dos dois sacerdotes quer da religiosa». 

Com uma declaração feita à agência Fides na segunda-feira, 2 de Junho, o cardeal Fernando Filoni comentou a libertação – ocorrida na noite precedente – dos dois sacerdotes vicentinos fidei donum, Gianantonio Allegri e Giampaolo Marta, e da religiosa canadense de oitenta anos Gilberte Bussier, da congregação das irmãs de Nossa Senhora de Montreal. Os três foram sequestrados a 4 de Abril passado no norte do país. O prefeito da Congregação para a evangelização dos povos encontrou-se com eles em Yaoundé, de onde partiu de regresso a Roma, na conclusão da sua visita pastoral aos Camarões e à Guiné Equatorial. «Vi-os emocionados e contentes – disse – e em boas condições físicas e psicológicas. O facto de que tenham permanecido sempre juntos ajudou-os a apoiar-se reciprocamente».

O próprio cardeal Filoni, no encontro com a Conferência episcopal dos Camarões em Bamenda, a 28 de Maio passado, tinha repetido o apelo do cardeal Christian Wiyghan Tumi pela libertação dos sequestrados. Assim, se concluiu no sinal da alegria a visita pastoral do purpurado às Igrejas dos Camarões e da Guiné Equatorial, na qual, durante oito dias, se encontrou com os principais componentes das comunidades católicas dos dois países africanos.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

23 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS