Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

África, sê a luz do mundo

· Entrega da exortação apostólica pós-sinodal ·

Bento XVI entregou a exortação apostólica pós-sinodal Africae munus aos presidentes das Conferências episcopais da África no final da missa celebrada na manhã de domingo 20 de Novembro, dirigindo aos presentes as seguintes palavras.

Venerados Cardeais

Amados Irmãos no episcopado e no sacerdócio

Queridos Irmãos e Irmãs!

Durante esta solene celebração litúrgica, demos graças ao Senhor pelo dom da segunda Assembleia Especial para a África do Sínodo dos Bispos, celebrada em Outubro de 2009, sobre o tema A Igreja na África ao serviço da reconciliação, da justiça e da paz: «Vós sois o sal da terra… Vós sois a luz do mundo» ( Mt 5, 13-14). Agradeço a todos os Padres sinodais a sua contribuição para os trabalhos desta Assembleia sinodal. A minha gratidão estende-se igualmente ao Secretário-Geral do Sínodo dos Bispos, D. Nikola Eterović, pelo trabalho realizado e pelas palavras que me dirigiu em vosso nome.

Depois de ter assinado, ontem, a Exortação apostólica pós-sinodal Africae munus , tenho hoje a alegria de poder entregá-la a todas as Igrejas particulares na pessoa de cada um de vós, os Presidentes das Conferências Episcopais da África — tanto nacionais como regionais — e os Presidentes dos Sínodos das Igrejas Orientais Católicas. Depois da recepção deste documento, têm início, a nível local, as fases de assimilação e aplicação dos dados teológicos, eclesiológicos, espirituais e pastorais contidos nesta Exortação. Este texto pretende promover, estimular e consolidar as diversas iniciativas locais já existentes, mas quer também inspirar outras para a Igreja Católica na África.

Uma das primeiras tarefas da Igreja permanece o anúncio de Jesus Cristo e do seu Evangelho ad gentes , isto é, a evangelização das pessoas que, de uma maneira ou de outra, estão afastadas da Igreja. Espero que esta Exortação vos possa guiar no anúncio da Boa Nova de Jesus na África. Não se trata apenas de uma mensagem ou de uma palavra; mas é sobretudo abertura e adesão a uma Pessoa: Jesus Cristo, o Verbo encarnado. Só Ele possui palavras de vida eterna (cf. Jo 6, 68). A exemplo de Cristo, todos os cristãos são chamados a irradiar a misericórdia do Pai e a luz do Espírito Santo. A evangelização pressupõe e inclui também a reconciliação, e promove a paz e a justiça.

Amada Igreja na África, torna-te cada vez mais o sal da terra, desta terra que Jesus Cristo abençoou com a sua presença quando, nela, encontrou refúgio. Sê o sal da terra africana, abençoada pelo sangue de tantos mártires, homens, mulheres e crianças, testemunhas da fé cristã até ao dom supremo da própria vida. Torna-te luz do mundo, luz da África que muitas vezes, no meio das provações, procura o caminho da paz e da justiça para todos os seus habitantes. A tua luz é Jesus Cristo, «Luz do mundo» ( Jo 8, 12). Que Deus te abençoe, África bem amada!

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

13 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS