Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Acto bárbaro

· ​No Angelus e numa mensagem a dor do Papa pelo massacre na Turquia ·

«A notícia do terrível massacre ocorrido em Ancara, na Turquia» entristeceu profundamente o Papa Francisco, que no Angelus de domingo 11 de Outubro garantiu as suas orações «por aquele querido país», pedindo «ao Senhor que receba as almas dos defuntos e conforte os sofredores e os seus familiares». Recordando o massacre do dia anterior, o Pontífice frisou que o facto lhe provocou «dor pelos numerosos mortos. Dor pelos feridos. Dor porque os agressores atingiram pessoas inermes que manifestavam a favor da paz» e convidou os fiéis presentes na praça de São Pedro a fazer uma oração silenciosa «todos juntos».

Já num telegrama enviado através do secretário de Estado, cardeal Pietro Parolin, ao presidente turco Recep Tayyip Erdoğan, o Papa tinha expresso a sua tristeza e solidariedade. Francisco – lê-se na mensagem – «deplora este acto bárbaro, pede para transmitir a sua proximidade espiritual a todas as famílias atingidas neste período de dor, e aos funcionários de segurança e de emergência» comprometidos nos socorros.

Introduzindo a oração mariana no vigésimo oitavo domingo do tempo comum, o Pontífice comentou o trecho do Evangelho tirado do capítulo 10 de Marcos. Disse, «ele é articulado em três cenas, ritmadas por três olhares de Jesus». O primeiro é «intenso, cheio de ternura e de afecto»; o segundo é «preocupado, de advertência»; e o último é «de encorajamento».

No final o Papa Francisco recordou também o dia internacional para a redução dos desastres naturais, que se celebra a 13 de Outubro, e dirigiu o seu encorajamento a «quantos de modo clarividente se comprometem na tutela da nossa casa comum».

Angelus do Papa 

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

17 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS