Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

A Índia não assina contra as noivas-criança

A Índia, que detém o record mundial de noivas-criança com 24 milhões de matrimónios (por volta de quarenta por cento do total mundial), recusou-se assinar a primeira resolução global contra os casamentos forçados, prematuros e entre crianças, promovida pelas Nações Unidas. A resolução é apoiada por 107 países, incluídos aqueles onde os casamentos entre menores são permitidos como a Etiópia, o Sudão, a Serra Leoa, o Chade, a Guatemala, Honduras e Iémene.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

25 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS