Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

A alegria  é um serviço ao mundo

· Festa bávara para o Papa em Castel Gandolfo ·

Do coração da Baviera chegou a Bento XVI um abraço caloroso e simbólico, que lhe foi oferecido por mil peregrinos de Munique e Frisinga, guiados pelo arcebispo, cardeal Reinhard Marx. Na tarde de sexta-feira 3 de Agosto, no pátio do Palácio Apostólico de Castel Gandolfo, músicas bávaras, estribilhos, cânticos e melodias alegraram a tarde.

No final, ao agradecer aos presentes, o Papa recordou que a alegria manifestada e testemunhada aos outros contribui para construir um mundo reconciliado. «Dizendo “não” à alegria – explicou – não prestamos serviço a ninguém, mas simplesmente  tornamos o mundo mais obscuro. E quem não se ama a si mesmo nada pode oferecer ao próximo, não o pode ajudar e nem pode ser mensageiro de paz».

«Sabemo-lo – acrescentou – através da fé, e vemo-lo todos os dias: o mundo é bonito e Deus é bom. E dado que Ele se fez homem e veio habitar entre nós, que Ele sofre e vive connosco, nós sabemo-lo definitiva e concretamente: sim, Deus é bom, e é bom sermos pessoas.  Nós vivemos desta alegria e, começando a partir desta alegria, procuremos também levar a alegria aos outros, rejeitar o mal e ser servidores da paz e da reconciliação».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

7 de Dezembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS